Little Plane — Meu primeiro game

Há 8 anos, quando eu estava começando a gostar desse negócio de desenvolvimento de games, eu descobri a ferramenta Game Maker, que facilitava muito o trabalho de criar um jogo, ao mesmo tempo que te dava muita flexibilidade. Era muito divertido fazer as coisas com ela.

Resolvi então fazer um game simples, mas do início ao fim (depois de ter deixado muitas ideias pelas metades). Fiz o Aviaozim. O jogo era completo (apesar de não ter história, e só ter uma fase), tinha manual de instruções, site do jogo. Mais tarde fiz uma versão em inglês, o Little Plane.

Little Plane - tela do game

1ª lição aprendida

Sad but true, as coisas são mais reconhecidas lá fora do que aqui. Eu tinha divulgado o Aviaozim em sites de desenvolvimento de jogos daqui. Recebi dois ou três feedbacks. Depois, com o Little Plane fiz a mesma coisa lá fora. O jogo era exatamente o mesmo, mas recebi uma enxurrada de comentários, elogios, sugestões, reclamações. Desde um cara agradecendo porque o filho dele de 5 anos gostou muito do game, até outro que pediu pra eu fazer uma versão com a temática do Alice Cooper pra ele colocar no site dele sobre o artista.

Enfim, provavelmente o volume de feedback foi maior porque a versão em inglês do game chegou a mais pessoas, mas fica a dica: qualquer coisa que for desenvolver, se possível considere fazer em inglês (ou pelo menos ter essa opção) pois o alcance será muito maior.

2ª lição aprendida

Termine aquilo que se propôs a fazer. Depois do Little Plane eu tive milhões de ideias de jogos, muitas não saíram do papel, outras foram executadas pelas metades. Fiz coisas avançadas, com diferentes tecnologias, efeitos e firulas, mas foi aquele joguinho simples lá atrás que me fez sentir mais realizado, mais me motivou e é umas das coisas que até hoje tenho mais orgulho de ter feito.

Ao invés de se focar em fazer algo revolucionário, cheio de features e coisa e tal, busque algo que seja factível e que você consiga entregar. Depois pense em melhorar, evoluir. Você vai aprender e se motivar muito mais fazendo um Little Plane do início ao fim, do que um jogo ultra-mega-phoda que nunca sai do papel.

Ah, e não esqueça de dar uma olhada no Little Plane e me dizer o que achou! 🙂

Site do Little Plane (com download)

Abrass!

Sobre o Autor

Douglas Matoso
Douglas Matoso

Desenvolvedor web desde 2008. Criador do Web Dev Drops.