Tutorial: Trocando o processador do notebook E-Max S501A

IMPORTANTE! Não sou técnico, sou apenas um usuário curioso. O que é mostrado aqui pode não ser a forma mais correta de trocar uma CPU de notebook. Estou mostrando a forma como eu fiz e deu certo pra mim.

Introdução

Comprei o notebook E-Max S501A com o processador Celeron M 440 (1866, 1MB, FSB 533) e mais tarde comprei o processador Core 2 Duo T5600 (1833, 2MB, FSB 667). Neste tutorial mostro como eu fiz a troca do processador. O processo é simples e rápido, e tem oficina cobrando R$250,00 por este serviço.

Você vai precisar de:

  • Chave philips #1
  • Processador compatível
  • Pasta térmica

IMPORTANTE! Para abrir o notebook é preciso remover o selo de garantia, o que a invalida. Se você pretende manter a garantia do seu aparelho, não prossiga!

Antes de mais nada, retire a bateria do notebook (eu vacilei e abri o meu ainda com a bateria, mas não é recomendável) e descarregue a eletricidade estática que possa estar em seu corpo (para não correr o risco de danificar os componentes ao tocar neles). Você pode fazer isso tocando em alguma superfície metálica.

Vire o notebook de cabeça pra baixo e solte os 4 parafusos indicados na foto:

Deslize a tampa um pouco para baixo e a retire.

2. Removendo o dissipador de calor

Para chegar à CPU você precisa remover o dissipador de calor, que é esta peça destacada na foto:

Remova os 6 parafusos que prendem o dissipador, seguindo a ordem inversa da numeração dos parafusos, ou seja: 6,5,4,3,2,1.

Lembre-se: Para retirar o dissipador, remover os parafusos 6,5,4,3,2,1, nesta ordem. Para recolocá-lo: 1,2,3,4,5,6.

Além dos parafusos, é preciso descolar o adesivo que prende o dissipador ao cooler:

Assim você pode remover o dissipador. Evite tocar os pedaços de fita térmica que estão colados no dissipador.

Curiosidade: Agora dá pra ver o chipset de vídeo da ATI e a memória dedicada:

3. Trocando a CPU

Para remover o processador, é preciso girar a trava utilizando uma chave de fenda. Veja que há um desenho de cadeado aberto e fechado. Gire para a posição com o cadeado aberto.

Estando destravado, o processador sai com facilidade. Não é preciso fazer força. Se não sair, é porque você não girou a trava direito.

Retire o processador e coloque o novo. Novamente, não é preciso força, nem empurrá-lo para baixo. Verifique a posição correta dos pinos do processador. Em um canto falta um pino, que coincide com o canto onde falta um buraco no suporte. Basta posicionar corretamente e deixar ele encaixar nos buracos. Se não encaixou, é porque está na posição errada.

Verifique se a CPU está bem assentada no suporte, como na foto:

Gire a trava de volta para o posição do cadeado fechado.

4. Recolocando o dissipador

Como a fita térmica que veio no seu notebook estará desgastada (veja foto), eu recomendo substiuí-la por pasta térmica.

Primeiramente limpe bem a superfície de contato entre o dissipador e a CPU. Basta utilizar um papel. Ela vai ficar mais ou menos assim:

Aplique a pasta térmica no processador. Aqui minha falta de conhecimento entra em ação, pois eu não sei a quantidade ideal de pasta térmica. O que eu faço é colocar o suficiente para cobrir a parte metálica do processador, e evitar o contato direto entre o processador e o dissipador. Se escorrer um pouco pra fora da parte metálica não faz mal.

Feito isto, recoloque o dissipador, encaixando primeiramente a parte da grelha, que fica perto do cooler, e em seguida colocando-o no lugar certo.

Recoloque os 6 parafusos, desta vez seguindo a ordem 1,2,3,4,5,6. Veja novamente a imagem:

Recoloque a tampa externa e os 4 parafusos.

PRONTO! Verifique se seu notebook funciona normalmente com o novo processador. Faça testes que utilizem o máximo da CPU e verifique a temperatura.

5. Links

  • TecnoWorld — Montadora e distribuidora do E-Max.
  • Fórum Clube do Hardware — Tópico gigante com review e muitas informações sobre o E-Max.
  • Extra — Outra loja onde você pode comprar.

Sobre o Autor

Douglas Matoso
Douglas Matoso

Desenvolvedor web desde 2008. Criador do Web Dev Drops.